GRUPO DE PESQUISA DA FSBA CONQUISTA 2º LUGAR EM SIMPÓSIO INTERNACIONAL

Publicado em 14 de junho de 2016.

Entre os dias 8 e 11 de junho, aconteceu o XVIII Simpósio Internacional de Fisioterapia Cardiorrespiratória e UTI (SEFIR) em Belo Horizonte. Aproximadamente 1.600 pessoas de diferentes estados do Brasil e de outros países participaram do evento. O SEFIR acontece a cada dois anos e é considerado o maior congresso de Fisioterapia Cardiorrespiratória e UTI do Brasil e um dos maiores do mundo. No entanto, 2016 foi o primeiro ano que a área Cardiovascular foi oficialmente representada no congresso.

Foram enviados mais de 900 trabalhos científicos para o congresso, sendo, aproximadamente 400 trabalhos para a área Cardiovascular. Desses, 225 foram aprovados para serem apresentados no congresso, os 30 melhores como apresentação oral e os demais como pôster. O Grupo de Fisioterapia e Pesquisa Cardiovascular (GFPEC), coordenado pelo professor Jefferson Petto, teve oito trabalhos aprovados, dois de forma oral. O GFPEC conquistou o segundo lugar com o trabalho intitulado: “Comparação da renina plasmática entre mulheres que utilizam e não utilizam contraceptivo oral combinado.”

Três dos autores do trabalho são alunos do curso de fisioterapia da FSBA, Douglas Gibran Cerqueira e Tiana Luz Almeida e Camila Silva Santos. Os discentes, Douglas e Tiana, participaram ano passado com esse mesmo trabalho no PIBIC da FSBA. “Essa é uma conquista marcante para a instituição e para o GFPEC, já que, foi a primeira vez que ganhamos um prêmio internacional tão importante. Gostaria de aproveitar a oportunidade e agradecer a todos os dirigentes e coordenadores da instituição que tem apoiado à pesquisa”, comentou o Prof. Jefferson Petto.

O outro trabalho apresentado de forma oral foi: “Importância da formação acadêmica no tratamento da insuficiência venosa crônica”, de autoria de Marcos Paulo Alves dos Santos, ex-aluno e integrante do GFPEC, e de Paulo Barbosa Pinto que está se formando no atual semestre. Esse ano o grupo já publicou dois trabalhos em revistas indexadas e ainda foi premiado com o terceiro lugar no XXIX Congresso Baiano de Cardiologia, com o trabalho “Exercício físico não aumenta a força inspiratória”.

SEFIR 2016 (3)

Últimas Notícias