Bate-papo reúne alunos e professores para falar de pesquisas acadêmicas

Publicado em 23 de fevereiro de 2018.

Um encontro realizado nessa quinta-feira (22) na Faculdade Social da Bahia (FSBA) motivou estudantes e professores envolvidos em projetos de pesquisas desenvolvidas no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC). O bate-papo reuniu cerca de 40 alunos que se inscreveram para participar do programa e foi coordenado pelo mestre e doutor em Filosofia pela Unicamp, José Euclimar Menezes, além de contar com a participação ilustre da Professora Doutora Cristina Costa Lobo, vinda de Portugal.

Com o tema “Bacharelado e licenciatura como espaços experimentais de pesquisa”, o encontro debateu os temas e as dificuldades encontradas na iniciação científica e como essa metodologia é feita em outros países. “A minha ideia com esse encontro é que possamos discutir a iniciação científica em termos educacionais. Que consigamos perceber o que está a ser feito, quais são as dificuldades e como podemos de forma concreta encontrar respostas adaptativas a cada um dos projetos de pesquisa, além de aprender a trabalhar com uma formatação de texto voltada para a escrita científica”, revelou a professora portuguesa Cristina Lobo.

O coordenador do PIBIC, professor Menezes, também salientou a importância de ter uma pesquisadora estrangeira experiente para orientar os estudantes da FSBA: “Que bom que ela se abriu para estar aqui conosco e contaminar esse ambiente universitário, uma faculdade pequena, mas que matem um apoio à pesquisa para os seus profissionais e depois a grupo de estudantes que se interessam em fazer iniciação cientifica”.

No meio de tantos estudantes engajados com o assunto estava Raique Lucas, que já chegou a apresentar seu trabalho de pesquisa em um evento sobre o tema, na cidade de Santa Catarina, no ano passado. “Como fazemos parte do PIBIC, conhecer outros pesquisadores e saber como a pesquisa científica tem se desenvolvido em outros países é de extremo ganho pra todos nós”, elogiou Raique.

A professora doutora Cristina Costa Lobo também ficou feliz com a participação da comunidade acadêmica e encerrou sua participação dizendo: “Que o meu objetivo de conseguir passar uma mensagem útil e de edificarmos o conhecimento compartilhado tenha sido alcançado nesse debate”.

“Diálogos Possíveis”

Durante o bate-papo também houve o lançamento do novo volume da revista científica “Diálogos Possíveis”. A edição, que chega ao 16º ano, fala de temas sociais, como direitos humanos, meio ambiente, acessibilidade, dentre outros. “Estes são esforços sempre convergentes da FSBA, mantendo em sua formação universitária, bem como na produção intelectual que promove”, ressalta professor Menezes.

Esta edição 2017.2 da revista “Diálogos Possíveis” reúne 15 autores, de oito Instituições de Ensino Superior. Eles oferecem nove proposições reflexivas derivadas de suas investigações produzidas no âmbito do “Stricto Sensu” ao qual estão vinculados, sendo oito deles investigadores seniores com doutorado. As áreas de atuação dos autores contemplados sincronizam com a política editorial da Revista, sendo elas: Direito, Psicologia Social, Desenvolvimento Regional e Urbano, Ciências Sociais, Saúde Pública, Enfermagem e Ciências da Religião.

A revista eletrônica já está disponível para consulta no link:  http://revistas.faculdadesocial.edu.br/index.php/dialogospossiveis

IMG_3453

Últimas Notícias