Formação Continuada: Docentes visam o crescimento acadêmico e institucional

Está sendo realizado desde a última segunda-feira (04) o “Programa de Formação Continuada de Docentes 2019.1”. O evento, que segue até sexta-feira (08), conta com a participação de diversos palestrantes, entre eles, os próprios professores. O objetivo do encontro é fomentar a discussão e fazer compreender o Plano de Desenvolvimento Institucional e os Projetos Pedagógicos Institucional e de Curso como instrumento de planejamento e de gestão das políticas no âmbito da graduação e da pós-graduação da Faculdade Social Bahia (FSBA), que este ano será transformada em Centro Universitário.

O Programa, realizado na Sala Maria Alice, está reunindo professores, coordenadores, direção, estudantes e o corpo técnico-administrativo para uma semana de aprendizado, troca de ideias e esclarecimentos sobre “Um novo olhar Institucional na construção do Centro Universitário da FSBA”. Com uma análise crítica da gestão de um Centro Universitário, essa é uma oportunidade enriquecedora e de discussão das práticas bem sucedidas do cotidiano acadêmico, das ações pedagógicas e dos resultados da avaliação institucional.

No primeiro dia do Programa de Formação, a doutora Marion Creutzberg, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), trouxe esclarecimentos a cerca da importância de um projeto pedagógico bem elaborado e da aplicação dos planos de desenvolvimento institucional e de curso para que a Faculdade seja aprovada pelo Ministério da Educação (MEC), e possa assegurar a qualidade de ensino aos estudantes: “É importante que a gente se dê conta de que um curso superior no nosso país não pode existir simplesmente porque alguém resolveu abrir uma Faculdade. Daí vem a importância de se conhecer que existe uma regulação por trás do Ensino Superior e não cair em armadilhas. É uma orientação para quem busca a Educação Superior, entender em que momento regulatório e de avaliação está aquele curso ou aquela Instituição.” , esclarece a professora Marion.

No segundo dia do evento, que é promovido pela coordenação acadêmica da FSBA, pelo Centro Multidisciplinar de Apoio Pedagógico – CEMAPP, e pelo Departamento de Extensão, a palestrante foi a coordenadora acadêmica, Clarice Pires. Ela aponta o Programa como um momento de fomento de ideias e de desenvolvimento do trabalho dos docentes, além da importância da participação deles neste processo de transformação em Centro Universitário: “A Formação Continuada se constitui, hoje, uma política de valorização do desenvolvimento pessoal e profissional dos docentes e da instituição. É preciso que vocês compreendam que essa reorganização institucional e todas as demandas, acadêmicas, administrativas e de gestão, estão sendo tomadas para apresentar condições de trabalho propiciadoras da formação contínua de qualidade”, afirmou Clarice.

Já no terceiro dia, foi a vez dos docentes apresentarem relatos de suas experiências dentro do âmbito acadêmico. Na socialização, eles apresentaram as práticas bem sucedidas no cotidiano visando a troca de conhecimentos entre os cursos, os discentes e os docentes. Um momento de análise, reflexão e crescimento conjunto.

Lembrando que amanhã é o último dia da Programação, e a FSBA conta com a participação de todos. Acompanhe a programação:

Local: Sala Maria Alice – Prédio Maria Alice (Central)
Horários: das 08h30 às 12h30, ou das 18h30 às 21h30.
Tema: A Dimensão Formativa da Avaliação no Processo de Ensinar e Aprender do Ensino Superior.
Palestrantes: Professoras Clarice Pires e Ioná Barata.

 

Por Alanna Sampaio

Últimas Notícias


2019 © Faculdade Social da Bahia • Todos os direitos reservados