Casos de Sucesso da FSBA – Enoe Lopes Pontes

Publicado em 18 de julho de 2019.

Mais um dos casos de sucesso da Faculdade Social da Bahia (FSBA). Recentemente a ex-estudante do curso de jornalismo, Enoe Lopes Pontes de Marques Tavares, teve publicado no site de comunicação “Portal Imprensa” um texto sobre o seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), que abordou o tema “Os ships como produtores de sentido de Once Upon a Time”. O trabalho aborda questões acerca da “torcida” do público que assiste a séries televisivas e aos personagens específicos da trama.

Atualmente, Enoe é doutoranda em Comunicação e Cultura Contemporâneas, na Universidade Federal da Bahia (UFBA), e atua como editora e crítica de séries no blog “Série a Sério”, no site Aratu Online. Em entrevista a FSBA, ela destacou a importância que a formação na Instituição teve no sucesso da sua carreira, e o sentimento em ter seu trabalho reconhecido.

Confira a entrevista na íntegra:

Como foi para você ver uma matéria sobre o seu projeto no Portal Imprensa? Qual é a sensação de ter sua pesquisa reconhecida?

Enoe: Foi muito gratificante e um momento muito feliz para mim. A sensação de ter este tipo de reconhecimento da minha pesquisa é muito boa, pois são anos de dedicação e estudo e muito tempo empregado a este intento. O momento foi super oportuno, pois tinha acabado de ingressar no doutorado, no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas, da UFBA, mesmo local que fiz o meu mestrado. Acabei de finalizar o primeiro semestre e estou ainda mais contente por estar dando esta entrevista. Todo meu processo de estudo da vida adulta foi iniciado na FSBA. Fui muito feliz lá, aprendi demais. Os professores que tive foram especiais e guardo com carinho e emoção todo conhecimento que eles me passaram.

De que forma você se sentiu incentivada e acolhida pela FSBA a prosseguir com este tema de pesquisa?

Enoe: Especificamente o meu tema foi incentivado por minha orientadora, Cristina Mascarenhas. Ela me guiou durante cada etapa de criação e foi uma chave essencial para o meu sucesso. Estava na dúvida se faria um produto ou uma monografia e a professora notou o meu perfil e me incentivou a fazer a monografia, o que foi incrível para a minha chegada ao mestrado. Pude avançar, crescer e desenvolver meu estudo durante os meses de TCC.

Como é para você dar palestras e participar de encontros e eventos falando sobre o seu projeto de TCC e mestrado?

Enoe: Nada me faz mais feliz na minha vida. Sem exageros. Falar do meu tema de pesquisa, seja de forma mais geral ou mais específica, é viciante! É um assunto instigante e eu sou apaixonada pela vida de pesquisadora. Semana passada participei de dois congressos. O “Seriais”, que aconteceu na Faculdade de Comunicação da UFBA, e o “COMUSICA”, que ocorreu em Cachoeira, na UFRB. Inclusive, neste segundo evento encontrei duas ex-professoras minhas da FSBA, que ensinam na UFRB hoje em dia. Foi muito bacana conversar com elas sobre os tempos da minha graduação, como eram as aulas delas, pensar que estou no doutorado agora, todo percurso percorrido e tudo mais. Foram conversas curtas, mas que me deixaram uma sensação muito boa, muito feliz. Lembro-me das aulas da FSBA com um carinho enorme. Sempre falo que lá foi um dos lugares que fui mais feliz na vida. Hoje, busco trazer aquele entusiasmo que via em sala quando estou dando aulas. E não só isso. Procuro recordar os traços mais bacanas de cada professora e tentar seguir. Mas, sem fugir muito da pergunta (risos), quando frequento os congressos, um vídeo passa na minha cabeça, com a minha trajetória inteira. Na minha defesa de mestrado também foi assim. Lembrei-me daquela Enoe de 17 anos, encantada com a primeira aula de fotojornalismo, segurando o fotograma para cima e para baixo, mostrando para meus amigos. O tempo passou correndo, mas essas lembranças ficam.

Você indica a FSBA para quem tem interesse em cursar jornalismo? Conte-nos um pouco sobre sua relação com o corpo docente e os alunos durante o período da sua graduação.

Enoe: Nossa! Eu sempre indico a FSBA e falo para todas as pessoas que conheço sobre como a faculdade de jornalismo de lá é incrível e que eu tive os melhores professores do planeta lá (risos). Existia um misto de elementos que tornavam a minha experiência muito satisfatória. A qualidade dos professores era o ponto fundamental! Mas, também tínhamos equipamentos bacanas, funcionários excelentes, um ambiente caloroso e colegas fantásticos. No meu período de graduação na FSBA, eu tive as melhores companhias. Meus amigos de lá eram incríveis e a gente se ajudava muito, e isso também era muito incentivado pela coordenação e pelos professores no geral. Essa é a minha experiência, meio Poliana, talvez (risos). Mas, foi assim comigo, sabe? Eu fazia duas faculdades ao mesmo tempo. Teatro de manhã, na UFBA, e FSBA à noite. Eu acordava já esperando chegar a aula da noite.

Uma coisa é incrível sobre a minha história com a FSBA: Eu queria fazer faculdade de teatro apenas. Mas, minha mãe sugeriu que eu fizesse outro curso também, jornalismo. Acabei aceitando, porque sempre fui cinéfila e imaginava, na época, que aquela poderia ser uma boa porta de entrada para eu ser crítica de cinema. Acabou que foi isso mesmo. Hoje eu sou crítica de cinema e de séries, mas o mais importante foi que eu me apaixonei pelo jornalismo e pela comunicação de uma forma tão grande que mudei toda a trajetória profissional que tinha imaginado inicialmente para mim. Claro, tudo isso está relacionado com a paixão e intensidade que os professores mostravam em sala. Jornalismo, Assessoria de Imprensa, a comunicação como um todo, tudo isso era mostrado de uma forma que fazia meu coração bater mais forte (risos). Sinto falta das aulas da graduação! Mesmo! Eram divertidas. Acho que isso me motivou muito fortemente para não querer mais parar de estudar a comunicação. A parte pesquisadora também foi ativada na FSBA, quando participei do meu primeiro grupo de pesquisa da vida inteira, com a professora Adriana Telles!!! Era sobre semiótica, lá em meados de 2009/2010, eu tinha 17/18 anos. Foi muito bacana!

Últimas Notícias