Cemapp

Centro Multidisciplinar de Apoio Pedagógico e Psicossocial

O Centro Multidisciplinar de Apoio Pedagógico e Psicossocial (CEMAPP) foi criado em 2008, e atualmente é coordenado por uma equipe constituída de professores da própria Faculdade Social da Bahia (FSBA). À frente estão a pedagoga Ioná Barata e a psicóloga Izaura Furtado. A finalidade do setor é acompanhar o processo de ensino e aprendizagem na comunidade acadêmica, assim como propor e encaminhar soluções, em âmbito institucional, em casos de identificação de dificuldades no campo físico, sensorial e mental, enfrentadas pelos discentes no processo de formação. Encaixam-se nesse perfil pessoas com desafios diferentes, como aquelas que têm problemas auditivos, de visão, mobilidade ou obesidade mórbida, déficit de atenção, hiperatividade, depressão, esquizofrenia, ou Transtornos Globais do Desenvolvimento (TGD) – que engloba os diferentes transtornos do aspecto autista, como: psicose, Síndrome de Asperger, Síndrome de Kanner e Síndrome de Rett.

Para prestar um encaminhamento especializado, o CEMAPP atua em três níveis de acolhimento:

1. Individual: atendendo a estudantes e professores com demandas variadas, relativas a dificuldades e impasses no processo de ensino e aprendizagem;
2. Grupal: presta apoio, orientação e mediação em classes, grupos de estudantes e cursos da FSBA, visando à solução de impasses ou problemas relativos ao processo de ensino e de aprendizagem, ou mesmo em conflitos que prejudiquem o bom andamento da formação acadêmica;
3. Institucional: O CEMAPP tem também por função acompanhar e intervir no processo de ensino e aprendizagem geral da FSBA, desde o acompanhamento dos discentes ingressantes até seus concluintes.

Outras funções realizadas pelo CEMAPP:

• Promoção de edital para escolha e certificação de monitores voluntários;
• Escolha de alunos “mediadores” para acompanhamentos individuais;
• Acolhimento e orientação psicossocial dos alunos;
• Disponibilizar intérprete de línguas, em caso de necessidade;
• Parceria com docentes e coordenadores de curso para apoio e orientação no processo de ensino;
• Criação de Projetos e intervenções que destaquem a inclusão, como exemplo, a “Sessão da Tarde”.

Para a construção de uma prática inclusiva, o CEMAPP propõe a efetivação de um dos seus principais projetos: Mediadores de aprendizagens. O objetivo é estabelecer parcerias entre os discentes, para recriar caminhos e superar desafios. Os estudantes mediadores devem desenvolver estudos de conteúdos ministrados nos componentes curriculares, tendo em vista a superação de dificuldades de aprendizagem. O mediador é aquele aluno que tem mais facilidade para aprender um determinado conteúdo, e que tenha disponibilidade e empatia para ajudar a mediar a aprendizagem de outro estudante que tenha menos facilidade. Sendo que esses mediadores sempre trabalharão com a orientação e o acompanhamento do CEMAPP.

As inscrições podem ser realizadas na sala do CEMAPP, nº 307, no Prédio Central, ou via e-mail: cemapp@faculdadesocial.edu.br
Período: de 02/04/2019 a 06/04/2019.
Clique aqui e confira o edital.


Profª. Mestre Ioná Barata e Profª. Mestre Izaura Furtado.

Local para atendimento:

Prédio Central, sala 307.

Contatos

Telefone: (71) 4009-3692
E-mail: cemapp@faculdadesocial.edu.br