CeMAPP – Centro Multidisciplinar de Apoio Pedagógico e Psicossocial

Home / Institucional / CeMAPP – Centro Multidisciplinar de Apoio Pedagógico e Psicossocial

O Centro multidisciplinar de apoio pedagógico e psicossocial (CEMAPP) foi criado em 2008, e atualmente é coordenado por uma equipe constituída de professores da própria Faculdade Social da Bahia (FSBA). À frente estão a pedagoga Ioná Barata, e a psicóloga Izaura Furtado. A finalidade do setor é acompanhar o processo de ensino e de aprendizagem na comunidade acadêmica, assim como propor e encaminhar soluções, em âmbito institucional, em casos de identificação de dificuldades no campo físico, sensorial e mental, enfrentadas pelos discentes no processo de formação. Encaixam-se nesse perfil pessoas com desafios diferentes, como aquelas que têm problemas auditivos, de visão, de mobilidade, ou obesidade mórbida, déficit de atenção, hiperatividade, depressão, esquizofrenia, ou Transtornos Globais do Desenvolvimento (TGD)- que engloba os diferentes transtornos do aspecto autista, como: psicose, a Síndrome de Asperger, a Síndrome de Kanner e a Síndrome de Rett.

Para prestar um encaminhamento especializado, o CEMAPP atua em três níveis de acolhimento:

1. Individual: atendendo estudantes e professores com demandas variadas, relativas a dificuldades e impasses no processo de ensino e aprendizagem;
2. Grupal: presta apoio, orientação e mediação em classes, grupos de estudantes e cursos da FSBA, visando à solução de impasses ou problemas relativos ao processo de ensino e de aprendizagem, ou mesmo em conflitos que prejudiquem o bom andamento da formação acadêmica;
3. Institucional: O CEMAPP tem também por função acompanhar e intervir no processo de ensino e aprendizagem geral da FSBA, desde o acompanhamento dos discentes ingressantes, até seus concluintes.

OUTRAS FUNÇÕES REALIZADAS PELO CEMAPP:

– Promoção de edital para escolha de monitores voluntários e certificação dos mesmos;
– Escolha de alunos “mediadores” para acompanhamentos individuais;
– Acolhimento e orientação psicossocial dos alunos;
– Disponibilizar intérprete de línguas, em caso de necessidade;
– Parceria com docentes e coordenadores de curso para apoio e orientação no processo de ensino;
– Criação de Projetos e intervenções que destaquem a inclusão, como exemplo, a “Sessão da Tarde”.

Mediação de Aprendizagem

Para a construção de uma prática inclusiva, o CEMAPP propõe a efetivação de um dos seus principais projetos: Mediadores de aprendizagens. O objetivo é estabelecer parcerias entre os discentes, para recriar caminhos e superar desafios. Os estudantes mediadores devem desenvolver estudos de conteúdos ministrados nos componentes curriculares, tendo em vista a superação de dificuldades de aprendizagem.

O(a) mediador(a) é aquele(a) aluno(a) que tem mais facilidade em aprender um determinado conteúdo, e que tenha disponibilidade e empatia em ajudar a mediar a aprendizagem de um outro estudante que tenha menos facilidade. Sendo que, esses mediadores sempre trabalharão com a orientação e o acompanhamento do CEMAPP.

As incrições podem ser realizadas na sala do CEMAPP, nº 307, no Prédio Central, ou via e-mail: cemapp@faculdadesocial.edu.br
Período:  de 17/04/2018 a 24/04/2018.

Equipe de professores responsáveis

Equipe de professores responsáveis

20171205_160842Ioná Barata e Izaura Furtado.

Local para atendimento:
Prédio Central, sala 307.

Contatos:
tel.: (71) 4009-3692
e-mail: cemapp@faculdadesocial.edu.br