Prazo para fazer declaração do Imposto de Renda encerra segunda-feira (30)

Home / Notícias / Prazo para fazer declaração do Imposto de Renda encerra segunda-feira (30)

Prazo para fazer declaração do Imposto de Renda encerra segunda-feira (30)

Ainda não declarou o Imposto de Renda porque tem dúvidas na entrega? Corra, porque o prazo termina na próxima segunda-feira (30/04)!

Abaixo vamos dar algumas dicas para você contribuinte não cair na chamada “malha fina”. Lembrando que quem não fizer a declaração até essa data, a multa mínima é de R$ 165,74 e a máxima é de 20% do imposto devido.

Organize-se

A primeira dica do mestre na área Contábil e professor no Curso de Administração na Faculdade Social da Bahia (FSBA), Weber Ferraz, é a organização. Um local apropriado para guardar os documentos necessários é muito importante na hora de realizar a declaração no ano seguinte, segundo Ferraz. “Você deve ter em casa ou no escritório, diversas pastas ou envelopes para arquivar ao longo do ano os documentos exigidos pela Receita Federal. Após efetuar a declaração, guarde-os novamente junto com os recibos impressos gerados. Tal documentação pode ser exigida ao longo de cinco anos”, ressalta o professor.

Ele também recomenda que as cópias eletrônicas dos recibos gerados pela declaração sejam guardadas, para evitar retrabalhos no ano seguinte ou em caso de retificação. Weber Ferraz diz que nesse caso o contribuinte deve clicar em “Declaração/Salvar Imagem em PDF” e depois salvar com segurança na nuvem, em drives virtuais (como o DropBox ou Google Drive), ou encaminha-los como anexo para o próprio e-mail, assim será fácil resgatá-los de onde você estiver em caso de necessidade.

Acompanhe

O Contribuinte deve e pode sempre acompanhar o trâmite das suas declarações, e até mesmo resgatar informações de exercícios anteriores, através do Centro Virtual de Atendimento da receita Federal (e-CAC). Neste caso, se a pessoa física ver antecipadamente a situação de sua declaração poderá até mesmo ajustar falhas fazendo as devidas retificações.

O caminho é acessar o endereço eletrônico: https://cav.receita.fazenda.gov.br/autenticacao/login e realizar o cadastro para ter acesso a diversos serviços, como a geração de certidões e acompanhamento de processos (na opção Extrato do Processamento da DIRPF).

Previna-se

O mestre em Contabilidade, Weber Ferraz, lembra ainda que prestar informações falsas ou omiti-las na Declaração do Imposto de Renda é crime e pode ter consequências financeiras e penais.

Para que isso não ocorra, sempre faça sua declaração com base em documentos autênticos e acompanhe a tramitação pelo e-CAC, que poderá identificar possíveis inconsistências através do cruzamento de dados. A retificação da declaração poderá livrar o contribuinte da malha fina e de pesadas multas. Se o declarante se esquecer, por exemplo, de uma fonte de renda, haverá a geração de uma pendência no e-CAC que poderá ser reajustada em uma declaração retificadora.

Outra dica do professor é em relação ao local onde fará sua declaração. Tenha em mente que a DIRPF pode deixar informações pessoais sigilosas em computadores e dispositivos móveis, podendo ser acessadas por programas maliciosos. Por isso, utilize apenas equipamentos confiáveis, com um bom antivírus atualizado. Evite a utilização de laboratórios e máquinas compartilhadas, por exemplo, e exija a deleção das suas informações em caso de declaração prestada por terceiros.

Postagens recentes