Diretora da FSBA participa de mesa sobre inclusão no Ministério Público

Em uma reunião realizada, recentemente, na sede do Ministério Público da Bahia (MP), a diretora da Faculdade Social da Bahia (FSBA), a professora doutora Rita Margareth Passos, fez parte da mesa de apresentação do 1º Encontro da Rede de Educação Inclusiva no Ensino Superior.

Acompanhada das coordenadoras do Centro Multidisciplinar de Apoio Pedagógico e Psicossocial (Cemapp), Ioná Barata e Izaura Furtado, juntamente com alunos do curso de Psicologia da FSBA, ela assinou o Protocolo de Intenções Interinstitucional, que faz parte da formalização da Rede Baiana de Inclusão Educacional. O objetivo do movimento é que o Ministério trabalhe em conjunto com as instituições de ensino superior para que tenham resultados mais eficazes na inclusão de pessoas com deficiência.

Na FSBA, por exemplo, existe um setor exclusivamente para atender esse púbico. O Cemapp, criado em 2008, é responsável por dar um suporte pedagógico a alunos com algum tipo de necessidade especial. O setor trabalha no acolhimento e encaminhamento de pessoas com desafios físicos, sensoriais e de Transtorno Global do Desenvolvimento. E o plano de inclusão não contempla somente estudantes, como também funcionários da instituição.

De acordo com a Lei 8213/91, de 24 de julho de 1991, cada empresa com 100 ou mais funcionários está obrigada a preencher o percentual de 2% a 5% dos cargos com beneficiários reabilitados, ou pessoas com deficiência. “Estamos trabalhando com todo esforço para que de fato a inclusão aconteça. Somos educadores e entendemos a importância de fazer esses ajustes, não só no aspecto de acessibilidade, como também pedagógico. E fazemos isso não só porque é lei. A FSBA, continuamente, tem se engajado em ações para o bem social, e se disponibilizado a contribuir com iniciativas de inclusão, principalmente no que diz respeito à formação dos profissionais.”, ressaltou a diretora Margareth.

Durante o evento no Ministério Público, além de assinar o Protocolo, a professora também parabenizou e agradeceu ao órgão pela iniciativa e reforçou a intenção de parceria. “A FSBA segue acreditando e irá participar de forma ativa no que o Ministério Público precisar, abrindo espaços, disponibilizando profissionais, e apresentando as experiências realizadas pela faculdade”, completou.

foto_handbol_2

“Atividade Física e Alimentação: Mitos e Verdades”. Esse é o tema da palestra que o preparador Marcio Attala fará em Salvador, no próximo dia 02 de dezembro. Para que muitos tenham a oportunidade de participar do evento, o educador físico irá distribuir 100 cortesias para os estudantes da Faculdade Social da Bahia (FSBA). Quando esse limite for ultrapassado, os demais interessados em fazer o cadastro irá pagar uma taxa no valor de R$ 10, sendo que toda a renda arrecada será revertida em doação de leite para as crianças do Núcleo de Apoio ao Combate ao Câncer Infantil (NACCI).

No evento, Attala vai falar sobre os mitos e verdades que cercam a nutrição e a prática de atividades físicas, dar dicas sobre hábitos saudáveis e qualidade de vida, além de apontar a diferença entre ponto de vista e ciência. Ele pretende mostrar de que forma isso pode afetar a dieta das pessoas, a exemplo da discussão sobre o consumo de produtos lácteos.

Quem for à palestra, que será realizada das 09 às 12h, no Bahia Othon Palace Hotel, em Ondina, terá direito a um certificado de participação. Para usar as cortesias basta se inscrever neste link usando o código promocional FSBA: https://www.sympla.com.br/palestra-marcio-atalla—alimentacao-e-atividade-fisica-mitos-e-verdades__179173?d=fsba

Sobre o palestrante
Professor de educação física, com especialização em Treinamento de Alto Rendimento e Nutrição, Márcio Atalla ganhou projeção nacional ao criar e apresentar o quadro “Medida certa”, no Fantástico (TV Globo). Ele também foi o idealizador de um projeto audacioso na cidade de Jaguariúna (SP), que reduziu os custos com saúde e melhorou o estilo de vida dos cerca de 50 mil habitantes. Além disso, o preparador físico assina colunas em veículos de comunicação e percorre o Brasil apresentando palestras sobre os benefícios de uma rotina saudável.

Marcio_Atalla_Salvador_V2

Muitos estudantes da Faculdade Social da Bahia (FSBA) estão aderindo a Semana Nacional do Doador voluntário. Em parceria com a Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (Hemoba), a faculdade está recebendo em frente à unidade o ônibus de atendimento móvel para doação de sangue e de medula óssea. O Hemóvel terá uma programação especial até sábado (25), o Dia Nacional da Campanha.

A pedido dos professores, estudantes do curso de Educação Física formaram fila no primeiro dia de coleta, nesta terça-feira (21). Os colegas Ciro Coutinho, que já é doador desde o ano passado, e Ricardo Brito, que aderiu a campanha pela primeira vez, são alguns dos exemplos de solidariedade. A aluna Yasmim Siqueira foi uma das doadoras. “É muito importante que todos aqueles que possuem condições, venham participar desta campanha. Não tem satisfação maior do que salvar a vida de uma pessoa, mesmo que você não a conheça”, ressalta a graduanda, que está no 7º semestre do curso.

E como forma de agradecer as pessoas que têm esse tipo de gesto solidário, a FSBA e o Hemoba vão distribuir 150 pizzas brotinhos para os candidatos a doação de sangue. Cada um deles também será contemplado com uma camisa da campanha, no sábado, 25 de novembro. Lembrando que, para ser atendido, entre 8h e 17h, o doador precisa apresentar documento original com foto, pesar acima de 50 kg, estar descansado (ter dormido pelo menos seis horas), não ingerir bebida alcoólica 12 horas antes, além de estar alimentado.

“A participação da população é muito importante para alavancar o estoque do Hemoba, que muitas vezes está abaixo do nível necessário. Neste momento, por exemplo, os grupos A, AB e O Negativos estão numa posição considerada crítica”, alerta o professor Yuri Tappareli, um dos responsáveis por trazer o Hemóvel à FSBA.

facebook_hemoba

Solidariedade em alta na Faculdade Social da Bahia (FSBA). Após visita de algumas crianças ao Centro de Atendimento do Esporte Clube Bahia, o Fazendão, em Lauro de Freitas, o técnico do clube ficou encantado com o projeto social desenvolvido na faculdade e resolveu fazer uma surpresa, nesta terça-feira, 21. Paulo Cézar Carpegiani fez uma visita às crianças que são atendidas na Clínica Escola da FSBA, em Ondina.

O clima de alegria e gratidão tomou conta do local. Durante o passeio, Carpegiani comprimentou todos os profissionais, elogio o trabalho e as instalações, e interagiu com as crianças que estavam em atendimento. “Em Salvador deveria ter mais locais como este. É tão bom ter a oportunidade de trazer o mínimo de conforto a essas pessoas, e a cidade não tem trabalhos assim, voluntários, suficientes.”, ressaltou o técnico do Bahia.

Acompanhado do coordenador da unidade, Marcus Fonseca, a coordenadora Cristiane Cavalcanti, a professora Priscila Correia, e dos graduandos Alan Gomes e Juliana Fahel, do Projeto Cuidar – Fisioterapia (que foram os responsáveis por levar as crianças ao CT do Bahia), Carpegiani ajudou a aumentar a autoestima na recuperação de pacientes da clínica. Esse foi o caso do Daivid Pereira, de 12 anos, por exemplo, que faz tratamento com órtese há mais de um ano e meio, por causa de uma paralisia cerebral.

“Fico feliz com a oportunidade de conhecer o professor Carpegiani. Um coração humano e generoso que nos trouxe tanta alegria e acalanto em dias díficeis para essas famílias que tanto lutam e batalham com essas crianças. Meu respeito a esse técnico.”, agradeceu a coordenadora do núcleo, Cristiane Cavalcanti.

A visita do técnico Carpegiani veio para ressaltar o comprometimento da FSBA, que não tem só como objetivo formar profissionais com excelência, mas também ser reconhecida pela prática social e responsável. “O nosso compromisso é proporcionar o desenvolvimento da ética e da formação humanista e cidadã dos estudantes da FSBA”, ressalva a diretora da faculdade, Rita Margareth Passos.

Visita ao CT

O projeto Cuidar-Fisioterapia Itinerante, realizou o sonho das crianças que são atendidas na Clínica Escola da FSBA de conhecerem os jogadores do Bahia. No sábado, 11 de novembro, a professora Priscila Correia, do curso de Fisioterapia, juntamente com os graduandos Alan Gomes e Juliana Fahel, levaram os pequenos torcedores ao Centro de Treinamento do Esporte Clube Bahia, o Fazendão, em Lauro de Freitas.

No local, as crianças acompanharam de perto o treino dos titulares do time principal e vibraram com os ídolos tricolores que estavam em campo. Ao final das atividades, todos os jogadores cumprimentaram os visitantes, entre eles estavam Jean, Renê Júnior, Zé Rafael, Régis e Edgar Júnior, que conversaram, posaram para fotografias e autografaram camisas do time. O técnico Paulo Cézar Carpegiani e o presidente do Bahia, Marcelo Santana, também interagiram com os torcedores mirins.

“As crianças nunca tinham vivido experiência semelhante, e a felicidade delas contagiou a todos os envolvidos. Viabilizar transporte e proporcionar a realização de sonhos é uma ação social com um significado especial”, disse a professora Priscila Correia.

Montagem_Carpegiani

A equipe de judô da Faculdade Social da Bahia (FSBA) tem primeiro atleta baiano a se consagrar campeão brasileiro estudantil. O judoca Ronaldo Fiuza, da categoria Sub-18 (-90Kg), marcou história para o Estado ao conquistar a primeira medalha de ouro no Jogos Escolares da Juventude, realizados nesse final de semana, na cidade de Brasília (DF).

Além da categoria individual, Ronaldo também ajudou outros atletas a conquistarem a medalha de ouro na modalidade por equipes. Ao todo foram oito vitórias e uma conquista inédita do judoca. Sob o comando do coordenador técnico Maicon França, a equipe masculina baiana enfrentou atletas juvenis de outros estados, conquistando o lugar mais alto do pódio no último dia do evento. O time da FSBA contou também com a ajuda das vitórias do já consagrado esportista, Gabriel Alves (categoria -81 Kg), para trazer essa conquista inédita. A equipe feminina fez igualmente bonito na competição, ao ganhar a medalha de prata com a judoca da FSBA, Ana Júlia Damasceno.

Em outro campeonato nacional, a equipe de judô da Faculdade Social também se manteve entre os 10 melhores clubes do país. No Grande Prix Interclubes, que também ocorreu esse final de semana, mas na cidade de São Paulo, o clube baiano foi o único do Nordeste a ficar entre o TOP10 da competição mais forte e difícil de judô do Brasil.

 

IMG_20171120_WA0021

Quer iniciar na área de pesquisa enquanto faz sua graduação?

O PIBIC é um Programa de apoio a bolsistas e voluntários dos cursos de Graduação da FSBA para realizarem Iniciação Científica sob a orientação de docentes da FSBA. Na nossa Faculdade a integração de alunos e professores de vários cursos em sessões interdisciplinares é a maior característica e os talentos para a investigação são incentivados em atividades coletivas planejadas com critério, rigor e ao mesmo tempo jovialidade. Venha participar da seleção. Incremente o seu currículo e faça um rede de amigos investigadores.

Se desejar detalhes, agende com o coordenador do PIBIC, Prof. Dr. José Menezes através do email jexmenezes@faculdadesocial.edu.br.

Edital
Formulários de Projetos

A FSBA incentiva à comunidade acadêmica, em especial professores-pesquisadores, alunos e coordenadores dos seus diferentes cursos, a participar de projetos de pesquisa, visando despertar e desenvolver a aptidão e o interesse pela ciência e aprimorar o seu pensamento crítico.

Buscando oportunizar aos estudantes e profissionais da área de saúde atualizações em Fisiologia do exercício, nutrição e metabolismo, além de aprimorar as habilidades técnicas necessárias para atuação profissional, a FSBA está oferecendo o V SIMPÓSIO DE FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO – NUTRIÇÃO, METABOLISMO E BIOMECÂNICA.

A atividade será realizada no dia 10 de dezembro (sábado), das 08 às 13h, no auditório do Colégio ISBA, contemplando diversas palestras e mini cursos. O investimento total para o evento é de apenas R$ 20 (alunos FSBA) ou R$ 25 (alunos externos) + 1 kg de alimento não perecível. Vale lembrar que todos os participantes receberão certificação de 08 horas para atividades complementares.

simposio_de_fisiologia_do_exercicio

2018 © Faculdade Social da Bahia • Todos os direitos reservados